Total de taxas pagas pelos Bracarenses ao Município em 2022 (até ao momento)

Deixem-me trabalhar

Há 20 anos, entre os 27 estados da União Europeia, Portugal estava no 11.º lugar da liberdade económica e no 14.º no rendimento. Hoje, estamos nas posições 20.ª da liberdade económica e 21.ª do rendimento. Quem veio ocupar estes lugares à nossa frente? Principalmente os países do leste da Europa.

O primeiro país a ultrapassar-nos foi a Eslovénia em 2005. Seguiram­‑se a Estónia e a Lituânia, ambos com uma liberdade económica superior à nossa.

A Lituânia foi mesmo o estado cujo rendimento dos habitantes mais cresceu no século XXI: 165%. No índice de liberdade económica, passou da posição 17.ª para a 5.ª. Ganhavam menos de metade do que nós e, em 20 anos, passaram-nos a grande velocidade: é como se nós fôssemos descansadinhos na auto-estrada a 10 à hora e os lituanos nos passassem a 280!

Sabem quem vão ser os próximos a passar-nos? Húngaros, eslovacos e letões. No final de 2022, vamos ser os quintos mais pobres da União Europeia.

Mas será que é só na Europa que quanto mais liberdade económica[1temos, mais o nosso rendimento cresce?

O gráfico seguinte mostra essa relação entre a liberdade económica e a produção de riqueza. Tem mais de 2000 pontos e inclui quase todos os países do mundo durante o século XXI[2].

Singapura atingiu, em 2020, o primeiro lugar na liberdade económica. Em segundo lugar ficou a Nova Zelândia e em terceiro, a Austrália. Seguiram-lhes Suíça e Irlanda. Estes cinco países estão nos oito primeiros lugares do rendimento per capita a nível mundial. É evidente a relação entre liberdade económica e crescimento.

Portugal está no lugar 52.º, fazendo parte do grupo de países "moderadamente livres"[3]: temos que nos lembrar que somos um país assumidamente socialista, pelo menos nos últimos 25 anos. E isso tem­­‑nos afundado na classificação da liberdade económica, tal como nos tem colocado na trajectória do empobrecimento.

A liberdade económica, não é a única determinante da criação de riqueza de um país[4]. Mas, não me estorvem, "deixem-me trabalhar".

Mário Joel Queirós, Docente do Ensino Superior nas áreas de Economia e Finanças

 

[1] https://www.heritage.org/index/ranking

[2] Por isso é que temos uma nuvem de pontos e não a linha vermelha.

[3] O índice de liberdade económica é composto por quatro grupos com três indicadores cada. São analisadas várias variáveis, como o tamanho do Estado, a facilidade de realizar investimentos e estabelecer negócios e o aparelho regulador e judicial, por exemplo.

[4] Anos 2000, 2005 e 2010-2020. Rendimento per capita, a preços constantes, convertido pela paridade dos poderes de compra. Fontes: World Bank e Heritage.org.

 

Piublicado aqui

Agenda


Pessoas
Livres

Liberdade
Individual

Mercados
Livres

Liberdade
Económica

Sociedades
Livres

Liberdade
Social

Cidadãos
Livres

Liberdade
Política

Vídeos


Intervenção de Rui Rocha

Mensagem de Rui Rocha

Intervenção de Bruno Machado

Apresentação da Candidatura

Legislativas 2022

Caminhada Liberal

Núcleos do Distrito de Braga

Barcelos

Guimarães

Vila Nova de Famalicão

Voluntariado

Inscrição

Faz-te Membro

Inscrição

 

WebSite

Termos de utilização

© 2022 Iniciativa Liberal Braga