Total de taxas pagas pelos Bracarenses ao Município em 2022 (até ao momento)

Chega, o voto inútil de que a esquerda gosta

Depois de Rui Rio ter excluído finalmente a possibilidade de o Chega fazer parte de qualquer solução antes ou depois das próximas legislativas, André Ventura, em retaliação, comunicou ao país a intenção de retirar o apoio ao PSD nos Açores, abrindo a porta para um regresso do PS ao governo regional.

Independentemente das razões que justificam essa decisão, trata-se de um tremendo tiro no pé. A partir de agora fica claro, se ainda não estivesse, que o Chega pode servir de contentor para os votos do ressentimento, mas que é impossível proceder à sua reciclagem e aproveitamento para qualquer outra finalidade. O voto no Chega, na perspectiva de soluções não socialistas de governação, passou a ser, na melhor das hipóteses, um voto inútil.

Mas, mais do que isso, a partir do momento em que o Chega é considerado um parceiro indesejável pelos partidos do espaço não socialista (antes do PSD, já a Iniciativa Liberal tinha há muito declarado não estar disponível para entendimentos e a posição do CDS é cada vez mais irrelevante) e que o próprio partido de André Ventura reage a essa circunstância auto-excluindo-se de entendimentos existentes e futuros, a consequência prática é evidente: o voto no Chega não soma no espaço não socialista. Pelo contrário, retira-lhe força como alternativa de governação. Sendo ainda mais pragmáticos, por muito que isso custe a potenciais eleitores do partido de André Ventura: um voto no Chega passou a ser, em aritmética eleitoral, um voto no Partido Socialista.

Votar no Chega não envolve, assim, apenas a questão ética ditada pelas linhas vermelhas do populismo básico, da xenofobia e do ressabiamento. A partir de agora, o voto no partido de Ventura encerra também o problema prático da opção por uma estrada que, por muitas voltas que se dê, desemboca sempre no Largo do Rato e que, eventualmente, promove a continuação do PS, do PCP e do Bloco de Esquerda no poder.

Agenda


Pessoas
Livres

Liberdade
Individual

Mercados
Livres

Liberdade
Económica

Sociedades
Livres

Liberdade
Social

Cidadãos
Livres

Liberdade
Política

Vídeos


Intervenção de Rui Rocha

Mensagem de Rui Rocha

Intervenção de Bruno Machado

Apresentação da Candidatura

Legislativas 2022

Caminhada Liberal

Núcleos do Distrito de Braga

Barcelos

Guimarães

Vila Nova de Famalicão

Voluntariado

Inscrição

Faz-te Membro

Inscrição

 

WebSite

Termos de utilização

© 2022 Iniciativa Liberal Braga