Total de taxas pagas pelos Bracarenses ao Município em 2022 (até ao momento)

Ponto de fuga

Quinta-feira, 8

Luís Filipe Vieira detido no âmbito da Operação Cartão Vermelho. Há claramente um antes e um depois deste processo na sociedade portuguesa. A partir de agora, sempre que alguém disser que o Costa que era o número 2 de um líder que foi detido acabou por ficar-lhe com o lugar, teremos de perguntar se estão a referir-se ao Rui ou ao António.

Sexta-feira, 9

Publicada legislação que obriga à realização de teste para permanecer, durante o fim-de-semana, no interior dos restaurantes dos concelhos com risco mais elevado. A restrição não abrange cafés e pastelarias, desde que não seja consumida uma refeição. Não sei se acontece com o leitor, mas eu sinto aqui a falta de uma estrutura de missão que esclareça se o prego no pão e a bifana são considerados repasto.

Sábado, 10

Rui Costa assume formalmente a presidência do Benfica. A realidade está cada vez mais complexa. Temos agora três papas (Francisco, o Emérito e Jorge Nuno Pinto da Costa), dois presidentes do Benfica (o autoproclamado e o auto-suspenso), três delfins candidatos à sucessão de António Costa e vários “Reis dos Frangos”.

Domingo, 11

Luís Filipe Vieira mantém-se em prisão domiciliária até pagar a caução fixada pelo juiz Carlos Alexandre, que é, recorde-se, a segunda mais alta da História. Veja-se que a um tipo que só tem um palheiro pediram 3 milhões de caução. E a outro, que tem apenas uma garagem, exigiram 5 milhões. É para se ver como o mercado imobiliário está inflacionado.

Segunda-feira, 12

Governo suspende nomeação de Vítor Fernandes como chairman do Banco de Fomento. É boa ideia. É preciso mais tempo para avaliar se alguém com relações muito próximas com Vieira tem condições para merecer a confiança quer do primeiro-ministro, que teve de ser afastado da Comissão de Honra pelo próprio candidato, quer do governador do Banco de Portugal, que andava a pedinchar bilhetes para assistir aos jogos do Benfica.

Terça-feira, 13

Cubanos continuam a protestar contra a miséria e a falta de liberdade. É gente pobre e mal-agradecida. Não é que o Partido Comunista de Cuba tenha má vontade. É preciso perceber que desde que o Fidel depôs o outro traste, o Batista, só passaram 60 anos. Há sempre tanta coisa para tratar que não deu tempo para fazer eleições.

Quarta-feira, 14

PCP anuncia manifestação de apoio ao regime cubano. Os nossos comunistas, liderados pelo bom Jerónimo, estão sempre disponíveis para apoiarem toda a sorte de crápulas, tratantes, velhacos, ditadores sanguinários, repressões e violações dos direitos humanos. Para isso e para, honra lhes seja feita, viabilizarem os Orçamentos do Costa.

Agenda


Pessoas
Livres

Liberdade
Individual

Mercados
Livres

Liberdade
Económica

Sociedades
Livres

Liberdade
Social

Cidadãos
Livres

Liberdade
Política

Vídeos


Intervenção de Rui Rocha

Mensagem de Rui Rocha

Intervenção de Bruno Machado

Apresentação da Candidatura

Legislativas 2022

Caminhada Liberal

Núcleos do Distrito de Braga

Barcelos

Guimarães

Vila Nova de Famalicão

Voluntariado

Inscrição

Faz-te Membro

Inscrição

 

WebSite

Termos de utilização

© 2022 Iniciativa Liberal Braga